PUB
Taturana de Cinema
📷: Jeremy Yap

Abertas as candidaturas de filmes ao prémio Jean Loup Passek

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Estão abertas as candidaturas para o prémio Jean Loup Passek, promovido pelo Festival Internacional de Documentário de Melgaço (MDOC).

Os cineastas estão convidados a submeter os seus filmes, independentemente do local onde foram produzidos, que tenham como foco identidade, memória e fronteira, temas do festival, e que devem manifestar o ponto de vista do autor sobre aspetos relacionados com questões sociais, individuais, culturais ou de identidade.

As curtas, médias, longas e documentários podem ser submetidos até ao dia 20 de maio, serão analisados pelo júri e transmitidos no festival entre os dias 1 e 7 de agosto de 2022, altura em que serão anunciados os vencedores das respetivas categorias.

O valor da inscrição é de sete euros por filme e estes devem estar legendados em inglês, à exceção das películas gravadas em língua inglesa.

O filme vencedor na categoria de longa-metragem será distinguido com um prémio no valor de 3.000 euros, a melhor curta-metragem receberá 1.500 euros e o melhor documentário português a concurso, independente da duração, arrecadará o prémio nacional, no valor de 1.000 euros.

Além do Prémio Jean Loup Passek, os filmes a concurso ficarão automaticamente candidatos ao Prémio D. Quixote, promovido pela Federação Internacional de Cineclubes.

O MDOC-Festival Internacional de Documentário de Melgaço, é organizado pela Câmara Municipal de Melgaço e pela Associação AO NORTE, que pretende promover e divulgar o cinema etnográfico e social, refletir com os filmes sobre identidade, memória e fronteira, e contribuir para um arquivo audiovisual sobre o território.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

No Comment.

Artigos Relacionados

Coleção Black Power

16,90 

PUB