PUB
Miguel Paraiso
Foto: BANTUMEN

Miguel, 10 anos a fazer da Internet um paraíso do bom humor

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Prestes a completar dez anos desde que lançou o primeiro vídeo no YouTube, com “C3 Paraíso – Bo Tem Nesquik” (2013), Miguel Paraíso é atualmente um dos criadores de conteúdo nas redes sociais de maior sucesso em Portugal. A BANTUMEN esteve à conversa com o autor da icónica paródia “Eu Queria Ser Campeão” para conhecer melhor a sua trajetória, fazer um balanço desse percurso – que inclui parcerias com marcas como McDonald’s e Intimissimi – e as mudanças que foram surgindo na sua vida com o aumento de popularidade.

Numa altura em que o YouTube começava a dar o ar da sua graça em Portugal, e ainda existiam poucos youtubers, Miguel lembrou-se de aproveitar os seus tempos livres com a plataforma. Registou-se, começou a fazer upload de vídeos simples e hoje acumula 305 mil subscritores e mais de 45 milhões de visualizações.

Lançou várias paródias, mas foi em 2016 que teve o seu maior reconhecimento perante o público português e internacional, com mais de seis milhões de visualizações com o tema ”Eu Queria Ser Campeão”, com a participação do cantor Ivandro, em honra ao Sporting e aos 14 anos do clube sem levantar um troféu nacional.

”Só de pensar que para o ano, em 2023, vão fazer desde anos desde que lancei o meu primeiro vídeo para o YouTube, pá, esquece. Fico mesmo a pensar na primeira vez que lancei um vídeo, a sensação, o nervosismo, a cena de querer impressionar os outros. É uma grande sensação. Naquele tempo não havia kumbu – expressão em kimbundu (Angola) que significa dinheiro -, não havia nada do que há hoje, era só mesmo pelo gosto. Tenho saudades de 2013 e não mudava nada, comecei bem”, confessou-nos Miguel.

Apesar de não pensar muito no assunto, o criador de conteúdos tem noção que, se fosse branco e tendo em conta o conteúdo que cria, facilmente estaria num outro patamar da sua carreira e com mais trabalhos por fazer. Sabe que, como negro, tem de trabalhar mais para chegar onde quer chegar, tem de fazer mais que os outros para ter melhores e maiores resultados. Contudo, “tento não pensar muito nisso, tento apenas fazer o meu trabalho”.

Com esse foco profissional – e como consequência da veloz transformação indexada ao meio digital – Miguel teve de adaptar-se várias vezes e reformular a forma como criava e publicava os seus conteúdos. As tendências e o que é viral tem vindo a mudar de ano para ano e as pessoas deixaram de ter tempo para consumir vídeos mais longos. Foi aí que Miguel percebeu que conteúdos “rápidos” na rua, em que oferecesse coisas às pessoas, teriam um impacto maior, e assim tem sido desde então. No TikTok, consegue alcançar meio milhão de visualizações num único dia.

Com o reconhecimento, vieram as parcerias com grandes marcas como a de relógios G-Shock, Sport TV, Benfica, McDonald’s, Super Bock, entre outras. Recentemente, Miguel tornou-se também uma das caras da campanha de verão da Intimissimi Uomo, marca italiana de roupa interior masculina.

“[Esta campanha] significou muito para mim, desde já porque foi um registo que nunca tinha feito. Estou mais associado à parte da comédia e futebol. E quando soube que poderia fazer parte desta campanha não hesitei , fui para o ginásio e comecei a trabalhar o corpo e a minha mente para quando chegasse o dia do shooting. É muito importante para mim sair da zona de conforto e mesmo assim conseguir um bom resultado”, explicou.

Paraíso acrescenta ainda que ”as coisas acontecem quando as marcas vêem também que do outro lado há trabalho, há compromisso, e as marcas gostam disso, gostam de compromisso. É o mais importante”.

O youtuber quer mais e está a trabalhar para isso. O objetivo é deixar os pais orgulhosos, chegar onde sabe que vai conseguir chegar e proporcionar momentos felizes aos seus.

Na checklist há ainda a vontade de ser “director de comunicação de uma liga, de um clube, ou empresário de futebol, é para onde as setas apontam, mas neste momento ainda tenho tempo para criar conteúdo, chegar a outros patamares e essas coisas vão chegar um dia destes, é só esperar” concluiu.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

PUB