PUB
Milton Nascimento | @marcoshermes
Milton Nascimento | @marcoshermes

Milton Nascimento diz adeus aos palcos em Portugal

Uma digressão do coração. Assim pode ser chamada “A Última Sessão de Música”, série de concertos que marcam a despedida de Milton Nascimento dos palcos.

Após 60 anos de carreira, o músico escolheu Portugal, Itália, Inglaterra e Espanha, na Europa, para a digressão internacional, que passa por Lisboa no dia 23 de junho, no Coliseu dos Recreios, por Castelo Branco dia 26, no Cineteatro Avenida, e pelo Porto no dia 29, na Casa da Música.

“Hoje mais do que nunca, para mim é um sonho voltar a Portugal. Esse país é parte de mim, é parte da minha vida. E, sem dúvida nenhuma, vai ser um grande acontecimento fazer essa turnê de despedida para o público português. E eu só tenho a agradecer pelo carinho de todos esses anos”, afirmou o grande cantor brasileiro, que completa 80 anos em outubro.

Após 43 discos gravados, cinco prémios Grammy e o título de Doutor Honoris Causa em música pela Universidade de Berklee, em Boston, Milton prepara-se agora para cantar os seus maiores êxitos numa digressão e garantiu no setlist clássicos como “Ponta de Areia”, “Encontros e Despedidas”, “Travessia”, “Cio da Terra” e “Nos Bailes da Vida”.

“Seria impossível fazer essa despedida sem colocar no repertório músicas de todas as fases da carreira. A gente quer proporcionar uma experiência única e emocionante”, explicou o cantor, que também fará um concerto em Braga, dia 2 de julho, no Theatro Circo, porém fechado ao público.

No Brasil, nas seis primeiras horas de lançamento da tour, foram vendidos 65 mil bilhetes. A digressão “A Última Sessão de Música” tem a direção geral de Augusto K. Nascimento. O projeto de cenário é assinado pelos artistas plásticos OSGEMEOS e os figurinos usados por Milton são do estilista Ronaldo Fraga. A direção musical é do maestro Wilson Lopes. A banda que acompanha Milton é formada por Lincoln Cheib (bateria), Ademir Fox (piano), Widor Santiago (metais), Zé Ibarra (vocal e violão), Ronaldo Silva (percussão), Frederico Heliodoro (baixo e vocal) e Wilson Lopes (guitarra e violão).

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

PUB