PUB

MMoneis avisa: “Nada Será Como Antes”, e isso pode até ser bom

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

MMoneis, rapper brasileiro do estado de São Paulo, disponibilizou para os amantes do bom Hip-Hop o seu terceiro álbum, “Nada Será Como Antes”. O projeto foi lançado nas plataformas de streaming habituais.

MMoneis (Mano Money’s) chamou para participar no álbum parceiros do rap brasileiro, como DJ Éffi, Bonsai, Elaine Aloha, Crial e um elenco forte de beatmakers. Para completar a boa nova do lançamento, o rapper do Grajaú SP também estreou o videoclipe da faixa “Transitório” no YouTube.

Escolhas, corrupção política, a corrida pelo dinheiro, bem como a necessidade de partilhar afeto, ter amor próprio, e de adaptar-se ao novo são alguns dos assuntos narrados e ritmados por MMoneis neste novo lançamento.

Conhecido pela sua música ao ritmo do boombap, como era de esperar, o artista trouxe para este álbum sete Beatmakersbastante conhecidos como Yaiba, Esze de Doins, Drin Beats, Gold Miner, Gabriel Chiarelli, Jhow Beatz e Gomz1984.

Este álbum é descrito pelo artista como uma lufada de ar fresco, pois “Nada Será Como Antes” é um álbum que vem ocupar um espaço aberto durante um dos períodos mais complexos vividos pela humanidade nas últimas décadas e, em meio a um milhão de questões e problemáticas sociais e pessoais que vieram à tona sem pedir licença, MMoneis tirou um tempo para organizar as ideias, compor dez faixas musicais e conceber esta obra prima revestida de bom RAP.

“O ponto de partida foi uma série de músicas que tinham uma certa conexão entre si, e também com as diferentes tragédias enfrentadas pela sociedade atualmente, mas estavam guardadas para virem à tona no momento certo (agora)”, explica o rapper sobre o processo de produção.

Às faixas guardadas, o MC juntou outras escritas mais recentemente, incluindo a que intitula o disco, tendo em algumas delas influência de grandes clássicos do rap de terras de Vera Cruz.

“Nada será como antes não é um prelúdio ao fim, tão menos carrega um olhar pessimista do futuro. É sobre mudança, sobre estar atento aos sinais que a vida nos apresenta, porque tudo muda muito rápido”, acrescentou.

“Temos que estar abertos a novas possibilidades que podem surgir no segundo subsequente, e saber lidar com elas no nosso dia a dia da melhor maneira possível. Sigo no exercício de rever as ausências e os excessos para caminhar em harmonia comigo mesmo”, ressalta.

As gravações, mixagem e masterização de Nada Será Como Antes foram feitas no D’anavalha Records, por Esze de Doins.

MMoneis a.k.a Rafael Gomes é do Grajaú, em São Paulo, e atua no Rap desde 2007, produzindo musicalmente um discurso contundente que contribui diretamente para a reflexão. tem uma série de singles, vídeos, os projetos “Manutenção dos Fatos” (2015), “Tempo Novo” (2018) e “AM:PM” (2019), e participações no disco “Leis e Reis”, do Clube do Berro”, e no EP “Perfeitamente Incorreto Vol. 1”, do beatmaker/produtor SonoTWS.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

No Comment.

Artigos Relacionados

PUB