PUB
Mulheres d'Palavras | DR
Mulheres d'Palavras | DR

Mulheres d’Palavras levam “Loucas na Maternidade” ao palco

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O coletivo angolano de spoken word Mulheres d’Palavras regressam aos palcos no dia 31 de março para apresentar Loucas na Maternidade, no Camões – Centro Cultural Português em Luanda, a partir das 18h30.

Com as questões da mortalidade infantil, gravidez na adolescência, fuga à paternidade, abuso sexual e economia desfavorável como preocupações fundamentais para o coletivo, o espetáculo reflete sobre género e saúde materno-infantil nas unidades hospitalares em Angola.

O espectáculo, que marca o regresso das artistas da palavra falada (Spoken Word) aos palcos, acontece com performances individuais, em dupla e quartetos, num cenário que relembra um ambiente hospitalar.

Segundo Sandra Bande, estudante de medicina e uma das integrantes do elenco, “esta é uma oportunidade de colocar na pauta de debate as preocupações sobre a gravidez precoce no nosso país tendo em conta as altas taxas apresentadas no último relatório do Fundo das Nações Unidas para a População (FNUAP).” 

De acordo com Kiaco Zambo, Director Executivo da agência critiva responsável pela produção, “Loucas na Maternidades é um espectáculo emergente e experimental pela forma que é levado ao público e dado aos múltiplos problemas que se têm verificado nas maternidades, fruto da falta de informações sobre planeamento familiar, disposição de meios materiais e humanos necessários e até mesmo pela falta de educação sexual nas famílias e comunidades”. 

Mulheres d’Palavras é um coletivo formado por Irene A’mosi, Adolfina Lua, Dreça Manuel e Sandra Bande, que aceitaram o desafio de “dar voz e vez às mulheres que vencem as dores de parto para dar vida e multiplicar a existência humana no universo carente de humanidade”.

O projecto é uma iniciativa e produção da Art Sem Letra – Agência Criativa de conceção e execução de projetos artísticos e educacionais, baseada na peça do dramaturgo Maieno Zambo e conta com a realização do Camões Angola – Instituto de Cooperação, Cultura e Língua Portuguesa.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

No Comment.

Artigos Relacionados

Irene Vasco

19,90 

PUB