PUB
N´Zau

“Monster”: Nigga Zau anuncia nova faixa com rapper chinesa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Faltam exatamente dois anos para Nigga Zau sair em liberdade da penitenciária de alta segurança de Swaleside, em Londres. Nessa data, o rapper assinala o fim de um ciclo de 14 anos detido, em que o rapper continuou a trabalhar na sua música com vários lançamentos.

O seu trabalho mais recente é o EP Dinheiro para Advogados (Clássicos da Cela Pt l), que saiu no final do ano passado. Este ano, Nigga Zau acaba de anunciar o próximo single, que chegará às plataformas de streaming no dia 12 de setembro.

O projeto conta com as participações do rapper e produtor português King Reapa e da rapper chinesa Mila Baby, que é um nome emergente do rap feito do outro lado do mundo.

Há cerca de um ano entrevistámos Nigga Zau, que relatou-nos algumas das dificuldades que tem de enfrentar para produzir a sua música devido ao facto de estar encarcerado.

O artista e a sua assessoria de imprensa tem feito uma grande esforço para promover para novos ouvintes o trabalho que o rapper tem feito.

Zaú nasceu na Jamba, Cuando Cubango, Angola, e é conhecido artisticamente como Nigga Zau ou Puto Zau.

Em Maio de 1992, Zau abandonou Angola, tendo passado por Portugal, Estados Unidos da América, Canadá e Holanda.

Por influência de Big Busha e Hochi Fu, apaixonou-se pelo Hip Hop nos anos ’90. No fim da mesma década Zau começou a sua carreira musical. Antes de ser preso, o rapper chegou a gravar mais de 30 faixas musicais, tendo algumas ganhado algum mediatismo.

Para saber mais sobre a vida e carreira de Nigga Zau, podes ouvir o podcast feito a partir da prisão de Swaleside. Nesse episódio, além de entenderes os métodos de trabalho de Zau, vais tambéms ouvir a sua história cativante e o que o levou a ser condenado a mais de uma década de reclusão.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

[…] Há cerca de um ano, entrevistámos o artista angolano que relatou-nos algumas das dificuldades que tem de enfrentar para produzir a sua música, devido ao facto de estar encarcerado e que podes ler aqui. […]

Artigos Relacionados

Coleção Black Power

16,90 

PUB