PUB

Os artigos mais clicados da semana | 20 a 26 mar

Ghoya, com o anúncio do seu concerto em Lisboa, encabeça o nosso top dos artigos mais clicados da última semana. No ranking segue-se o artigo sobre a nova exposição de Blackson; a entrevista a Lisandro Silva que, além de ter assinado recentemente com a Death Row Records, tem estado por trás da nomes internacionais nos concertos em Portugal. Na quarta posição ficou o concerto A História do Hip Hop Tuga e, por último, a entrevista ao singular Jo Choneca, um artista moçambicano cujo talento anda a conquistar a Itália e não só.

GHOYA E CONVIDADOS NO VILLAGE UNDERGROUND

No movimento hip hop em Portugal, quem nunca ouvi falar de Ghoya, o várias vezes apelidado de “2Pac crioulo da tuga”, com uma atitude e garra sem igual, sempre que pegava no microfone? Marquem já na agenda, no dia 25 de março, a partir das 22h, Ghoya vai apresentar novos temas, bem como os clássicos, na sala do Village Underground Lisboa.

HAPPY BLUES, UMA DICOTOMIA HARMONIOSA DE BLACKSON

Happy Blues é a nova exposição do artista plástico Blackson, a inaugurar no dia 26 de março às 17h00 e que vai estar patente até ao dia 10 de abril, no Espaço Espelho d’Água, em Lisboa.

Nesta nova exposição, Blackson apresenta nove obras acompanhadas de uma instalação, inspiradas na representação do corpo negro, com o propósito de afirmá-lo na sociedade e meio artístico.

LISANDRO SILVA, DA DEATH ROW RECORDS ÀS ESTRELAS GLOBAIS EM PORTUGAL

A época de concertos e festivais ainda mal começou em Portugal e os cartazes já anunciam nomes com Mc Poze do Rodo, Matuê, Orochi, Greg Ferreira e, mais recentemente, o franco-camaronês Tayc.

Fomos atrás do responsável por trazer estas estrelas internacionais a palcos lusos, Lisandro Silva, 30 anos, um natural do Barreiro com origens que cruzam-se na Guiné Bissau, Cabo Verde e Senegal.

E ASSIM FOI A 3.ª EDIÇÃO DO CONCERTO A HISTÓRIA DO HIP HOP TUGA

O passado sábado, 19 de março de 2022, foi marcado pelo regresso do maior encontro da cultura do Hip Hop Tuga, no Altice Arena. De acordo com a organização, no espaço estiveram reunidas mais de dez mil pessoas, que assistiram ao longo de três horas e meia à narrativa das últimas três décadas do Hip Hop Tuga, contadas na primeira pessoa.

5 – JO CHONECA UM “NYACATENGA” QUE ESTÁ A CHEGAR AO SEU DESTINO

Uma das principais missões da BANTUMEN é dar-te a conhecer a nata dos novos talentos ou de talentos que já por aqui andam há muito mas cujos nomes ainda desconheces. Jo Choneca faz parte desse leque de artistas.

Músico, compositor e multi instrumentista, Choneca é moçambicano, da Beira, mais propriamente Sofala (região centro), vive em Génova (Itália) desde 2009 e a sua música é uma feliz encruzilhada entre os sons tradicionais do país de Malangatana e a música eletrónica. E como se não bastasse, a boa vibe do artista – capaz de levantar qualquer baixo astral – sente-se quer a nível sonoro como visual, através dos seus videoclipes.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

PUB