PUB

Os artigos mais lidos do ano na BANTUMEN

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

A tradição manda que, no final de cada ano, se faça uma retrospetiva do que aconteceu de impactante à nossa volta. Neste 2021, em que nos apercebemos que afinal a vida não voltaria ao que era antes de 2020, o mundo continuou a girar e o saldo está equilibrado. Há tanto de positivo quanto de negativo a registar, mas há a sublinhar a morte de várias personalidades importantes para o nosso panorama artístico, em particular, como o empresário moçambicano Bang e o antilhano Jacob Desvarieux, reconhecido como o pai do Zouk. Os pontos altos do ano, há a ressaltar a escolha de Yara Lacerda para representar a Fenty Beauty, marca de Rihanna, e a Power List 100, iniciativa da BANTUMEN que distinguiu as 100 personalidades negras mais influentes da Lusofonia.

Janeiro – Morreu Bang, um dos maiores “exportadores” da música moçambicana contemporânea

Adelson Mourinho, mais conhecido por Bang, morreu na madrugada do dia 11 de janeiro, na África do Sul. Nas palavras do radialista angolano e amigo Dino Cross, “Bang foi alguém que acreditou muito no hip hop e na música moçambicana, de um modo geral. Ele investiu muito na exportação dos artistas com quem trabalhou e com que as músicas dos seus artistas pudesse passar no maior canal da altura, o Channel O. A partir dessa altura, a música moçambicana passou a ter visibilidade internacional e fez nomes como Lizha James, a sua esposa, a Dama do Bling e deu vida ainda a artistas como o Ziqo, entre outros.”

Fevereiro – Yara Lacerda, a nova cara da Fenty Beauty

Yara Lacerda é um dos nomes sonantes dentro da arte da maquilhagem em Portugal e de origem angolana. Além de ser a “melhor amiga de Rihanna”, como a própria diz, a sua simpatia e naturalidade é, provavelmente, o que tornou o seu carisma popular, acumulando mais de 38 mil fiéis seguidores no Instagram. Esse carisma é possivelmente o factor que levou Yara a ser escolhida como uma das caras para fazer a publicidade internacional da Fenty Beauty.

Março – Em dia de “Rebonina”, Masta não admite que se questione a união da Força Suprema

Em março, Masta lançava nova faixa.“ Rebobina” foi o seu primeiro single de 2021 e contou com a produção de Lokz, membro da CPK Records, e a participação de Txo Boy Deezy. Conversámos com Masta sobre o novo trabalho e também aproveitamos a oportunidade para saber como andam as saudades da Força Suprema. E sobre isto, o rapper foi muito especifico: “Eu não aceito nem não admito que nos venham questionar, nesta fase da nossa entrada nos 40 [anos] por que não estamos juntos. 

Abril – “+ Do Mesmo” é a primeira parte do novo álbum de Deezy

Deezy disponibilizou a 9 de abril, dia do seu aniversário, a primeira parte do novo álbum. + Do Mesmo é um EP com nove faixas e que marca a projeção da sua carreira a solo. Este EP é como uma viagem que conta a história de Deezy e inclui as participações de Ivandro, Edgar Domingos, Sacik Brow, Phoenix BDR e Nayr Faquira.

Maio – Calema, Soraia Ramos, Pérola e Manecas Costa unem PALOP em “Kua Buaru”

Calema, Soraia, Pérola e Manecas Costa reuniram sinergias e talento para cantar “Kua Buaru”, que ganha um sabor especial neste mês em que se celebra África. A UNICEF uniu forças à Klasszik através dos seus embaixadores em São Tomé e Príncipe, os Calema, para que em conjunto com Pérola, Soraia Ramos e Manecas Costa, se pudesse levar uma coisa boa (significado de “Kua Buaru” em português) para os seus povos.

Junho – “Neto do Velho Chimbungo”, primeiro álbum de Tio Edson, está finalmente disponível

A meio do mês de junho, Tio Edson lançava Neto do Velho Chimbungo, o seu primeiro álbum de originais.

O projeto já tinha sido prometido no “L.P. Freestyle”, o último single colaborativo com o seu comparsa Most Wanted. Na tracklist encontramos 13 faixas. Entre elas, “Minha Bala (Feat. Marcos Mobb)”, e o regresso da série “BACK”, agora intitulada “Novo BACK”, e que esteve ausente em Divino.

Julho – Morreu Jacob Desvarieux, o pai do Zouk

Jacob Desvarieux morreu no dia 30 de julho, no CHU de Guadeloupe, vítima de covid-19. Conhecido como pai do Zouk e líder do icónico grupo Kassav, Jacob era dono de uma voz inconfundível conhecida à volta do mundo, de sorriso fácil, comunicativo, de uma gentileza natural e modéstia excepcional.

Agosto – Anna”, o álbum mais esperado do ano já está à venda

Depois da fase de promoção com os singles “Destino” e “Puro”, o álbum homónimo de Anna Joyce foi finalmente lançado em agosto. O projeto conta com uma única participação vocal, a de Ary e “quebrou o jejum” de cinco anos da artista na Praça da Independência, em Luanda.

Setembro – 7 Curiosidades sobre a Guiné Bissau que provavelmente desconhecias

Para assinalar o dia 24 de setembro, Dia da Independência da Guiné Bissau, lançámos o repto para ires à descoberta do país continental e insular que tanto tem de belo como de invulgar. O país é pioneiro na luta de libertação colonial, foi o primeiro a conseguir a independência, reconhecida a 10 de setembro de 1973 (embora apenas declarada a 10 de setembro de 1974). Apesar de estar no ranking dos países menos desenvolvidos de África, é um viveiro cultural e dos poucos que conseguiu manter vivas as suas tradições culturais com pouca ou quase nenhuma influência externa. 

Outubro – Música de Telma Lee em banda sonora de filme francês na Netflix

Além do sucesso das suas músicas entre o público, Telma Lee tem mais um motivo para festejar. A cantora angolana viu a sua música “Toca em Mim” ser integrada na banda sonora do filme francês Friendzone, transmitido pela Netflix. Lançada em 2016, a música foi produzida pela Wonderboyz Music e tem composição do falecido Fill Jr e da própria artista.

Novembro – Mayra Andrade dá voz a filme de Jay-Z

Com um elenco negro de luxo de Hollywood, The Harder They Fall tem Jay-Z como um dos produtores executivos e a direção de Jeymes Samuel. Para a comunidade lusófona, este filme tem um sabor especial, visto que a sua banda sonora conta com uma das vozes mais queridas do nosso universo musical: Mayra Andrade. A cantora cabo-verdiana juntou-se à britânica Laura Mvula, para dar vida à música “We Go Harder”. 

Dezembro – Estas sãos as personalidades negras mais influentes da lusofonia

No dia 13 de dezembro, a BANTUMEN, em parceria com as plataformas Mundo Negro e Inventivos, do brasil, Balai CV, de Cabo Verde, Nô Balur, da Guiné Bissau, entre outras parcerias sociais, divulgava a Power List das 100 Personalidades Negras Mais Influentes da Lusofonia. O evento de apresentação oficial desta primeira edição, cuja lista completa pode ser consulta aqui, aconteceu no Teatro são Luiz, em Lisboa, conduzido pela comunicadora e locutora de rádio Yolanda Tati e na presença de artistas, nomeados, jornalistas, entre outros convidados.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

No Comment.

Artigos Relacionados

Coleção Black Power

16,90 

PUB