Procurar
Close this search box.

Prodígio canta “Afrika” juntamente com o pai, Domingos Moniz

Prodígio, still vídeo "Afrika", 2022 | DR"
Prodígio, still vídeo "Afrika", 2022 | DR"

Prodígio lançou “Afrika” que, para a surpresa de muitos, conta com a participação do seu falecido pai, Domingos Moniz. A música já tem videoclipe e está disponível nas plataformas de streaming.

Para fechar o ano com chave de ouro, Prodígio prepara o seu oitavo álbum do ano. Como antevisão deste projeto, designado pelo artista como “prato principal”, o rapper acaba de lançar “Afrika”, a primeira faixa promocional.

O tema é uma reflexão sobre a condição de africanos e afrodescendentes na diáspora, com um olhar incisivo sobre a discriminação racial. Além de uma letra que grita empoderamento, “Afrika” é um single especial por contar com um refrão cantado por Domingos Moniz, pai de Prodígio falecido este ano, e beat de Nilton Moniz, irmão do rapper.

União, coragem e respeito são algumas das palavras que definem este single, que é mais um desabafo que exprime o cansaço e indignação pela forma como seres humanos negros têm sido tratados e (des)considerados ao longo da História global.

O dia 18 de outubro é uma data especial na vida de Osvaldo Moniz, data em que a mãe completa mais um ano de vida e que este ano é celebrada com esta oferta singular. A mesma data marca também o aniversário de Bruno Candé – ator português assassinado a 25 de julho de 2020, crime motivado por ódio racial – e que Prodígio homenageia neste novo single.

Gravado em Portugal, o videoclipe foi uma realização colaborativa entre as organizações Bazofu Dentu Zona, Associação Cavaleiros de São Brás, Associação Lusofonia Cultura e Cidadania, Jovens em Evolução e a Associação Criarte, com a captação de imagens dos diferentes bairros que integram estas associações.

Ao longo do ano de 2022, Prodígio tem feito um trabalho que vai além da arte. Foi responsável por um recorde de lançamentos – sete álbuns dedicados aos países da Lusofonia – e que simbolicamente representa união. Prodigia-te teve como versões Tuga (Portugal), Banda (Angola), Moz (Moçambique), CV (Cabo Verde), S.T.P (São Tomé e Príncipe), Di Tchon (Guiné-Bissau) e Zuka (Brasil).

Todos os projetos foram lançados a dia 7 de cada mês, entre fevereiro e agosto, e contaram com participações de vários artistas dos respetivos países.

Há ainda outro feito associado ao trabalho que Prodígio desenvolveu no decorrer de 2022. O nome Prodigia-te saiu da esfera musica para estender-se à inauguração de um centro juvenil, no bairro do Prenda, de onde é natural. O empreendimento tem como objetivo alimentar o sonho de jovens daquela zona, criando uma estrutura de apoio ao desenvolvimento e crescimento social.

Relembramos-te que podes ouvir os nossos podcasts através da Apple Podcasts e Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis no nosso canal de YouTube.

Para sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN, envia-nos um email para [email protected].

Recomendações

Procurar
Close this search box.

OUTROS

Um espaço plural, onde experimentamos o  potencial da angolanidade.

Toda a actualidade sobre Comunicação, Publicidade, Empreendedorismo e o Impacto das marcas da Lusofonia.

MAIS POPULARES