Procurar
Close this search box.

T-rese e o tão aguardado “comeback”, sete anos depois

T-rese
Imagem Divulgação

Depois de sair da SameBlood e ficar longe dos palcos e estúdios, a rapper Moçambicana T-rese anuncia que está de volta ao mercado e esse comeback acontece com um EP que já está a ser cozinhado.

Com 29 anos, a artista esteve parada durante sete anos, uma paragem que aconteceu logo após o lançamento do seu trabalho De Salto Alto no Microfone. “Depois desse lançamento tive um choque com a realidade da indústria musical moçambicana. Eu trabalho sozinha, sou a minha própria manager e quem faz tudo a nível de promoção, e não estava à espera de receber algum tipo de assédio. Estavam à procura de serviços que eu não disponibilizo”, contou-nos.

Agora de volta, T-reze tem estado em estúdio e quer experimentar novas sonoridades. “Tenho explorado um pouco mais aquilo que posso fazer, não me quero limitar ao hip hop, quero experimentar a música no geral”, explicou-nos.

Neste momento está a trabalhar num EP, também intitulado De Salto Alto no Micro e que contém quatro faixas. O projeto já viu ser lançado o primeiro videoclipe, que é do single que dá o nome ao EP.

“De Salto no Micro é o nome que vou carregar até ao álbum, porque acredito que a mixtape tem muita história, muitas músicas que não foram exploradas”.

A rapper goza de uma certa simpatia entre a comunidade Hip hop em Moçambique e em Angola. Na terra da Palanca Negra atuou no espaço Bahia, onde encantou o público e aproveitou para fechar participações com artistas locais.

https://youtu.be/PovgNwdrA1M


Relembramos-te que podes ouvir os nossos podcasts através da Apple Podcasts e Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis no nosso canal de YouTube.

Para sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN, envia-nos um email para [email protected].

Recomendações

Procurar
Close this search box.

OUTROS

Um espaço plural, onde experimentamos o  potencial da angolanidade.

Toda a actualidade sobre Comunicação, Publicidade, Empreendedorismo e o Impacto das marcas da Lusofonia.

MAIS POPULARES