PUB
BEYONCÉ & JAY-Z
MASON POOLE / TIFFANY & CO.

Por quanto a Tiffany’s comprou o quadro de Basquiat exibido em anúncio com Beyoncé e Jay Z?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

A Tiffany & Co. lançou uma nova campanha sobre o amor moderno apresentando Beyoncé e Jay-Z com uma pintura de Basquiat como pano de fundo. Intitulado Equals Pi (1982), a pintura – cuja cor predominante é o azul turquesa, cor de eleição da marca de luxo – há muito que não era vista pelo grande público.

Antes de aparecer na nova campanha da marca, a pintura – que apresenta um esboço do crânio do próprio artista do artista e texto rabiscado com frases como “AMORITE”, “TEN YEN” e “DUNCE” – pertencia a dois outros magnatas da joalheria: designers italianos Alberto e Stefania Sabbadini, que o guardaram juntamente com outras obras de Andy Warhol, George Condo, Anselm Kiefer, Damien Hirst, Cindy Sherman e René Magritte.

A família italiana comprou a obra em 1996, durante um leilão da Sotheby’s, em Londres, por quase 253 mil euros e, de acordo com um relatório do WWD, os Sabbadinis venderam-no recentemente para a marca de jóias de luxo por uma quantia desconhecida.

BEYONCÉ & JAY-Z
MASON POOLE / TIFFANY & CO.

“É realmente incrível que Tiffany tenha encontrado a única pintura que tinha uma referência a Tiffany”, diz o colecionador de Basquiat, Larry Warsh, que está familiarizado com pinturas de exposições anteriores em museus. “É uma colaboração incrível e um trabalho muito importante dessa série.”

No anúncio em questão, Beyoncé usa um visual Balmain todo preto cravejado de diamantes e inspirado no vestido de Audrey Hepburn no filme de 1961 Breakfast at Tiffany’s. Jay-Z, por sua vez, veste roupas destinadas a imitar a roupa de Basquiat quando o artista apareceu na capa da New York Magazine, em 1985.

A afeição dos Carters por Basquiat já não é novidade. Em 2013, o rapper comprou a pintura Meca, de Basquiat (1982), na Sotheby’s por 4,2 milhões de dólares. Esse trabalho retrata uma paisagem de Nova Iorque com a palavra “Império”, rabiscada na parte superior, abaixo da coroa de assinatura do artista.

Para a campanha publicitária, Beyoncé e Jay-Z colaboraram com Emmanuel Adjei, um diretor que trabalhou no álbum visual de Beyoncé, Black Is King.

“Como uma marca que sempre representou amor, força e autoexpressão, não poderíamos pensar num casal mais icónico que melhor represente os valores da Tiffany”, disse à imprensa Alexandre Arnault, vice-presidente executivo de produto e comunicações.

No início do ano, a marca foi adquirida pelo conglomerado de luxo LVMH, que reestruturou as suas equipas de gestão e criação para renovar a histórica joalheria.

O lançamento oficial da campanha está previsto para 2 de setembro, seguido por uma edição impressa de acompanhamento e filme produzido para o projeto.

Além da compra do quadro pela marca – que estima-se ter sido avultada -, outra das novidades da campanha é que para participarem Beyoncé e Jay Z negociaram uma doação da marca, no valor de dois milhões de dólares, para financiar programas de bolsas e estágios para faculdades e universidades negras.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

No Comment.

Artigos Relacionados

Coleção Black Power I

49,90 

PUB