PUB
ARSENAL KINO BERLIN.

Felipe Bragança, Teatro Griot e Catarina Wallenstein levam Massacre de Mueda a Berlim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Filipe Bragança, realizador do aclamado filme brasileiro Animal Amarelo, numa parceria com o Teatro Griot e Catarina Wallenstein, estão em Berlim para apresentar uma performance visual e teatral em torno das memórias do Massacre de Mueda, ocorrido em Moçambique, em 1960, e numa homenagem ao cineasta moçambicano Ruy Guerra.

O Massacre de Mueda aconteceu a 16 de junho de 1960, na vila de Mueda, em Cabo Delgado, e foi um dos últimos episódios da resistência dos moçambicanos à dominação colonial portuguesa, antes do desencadear da luta armada de libertação nacional. Dados do governo moçambicano apontam que, pelo menos 600 pessoas – que reivindicavam pacificamente o fim da subjugação colonial – foram assassinadas a tiro pelo exército português.

A ficção científica, fábula e documentação misturam-se assim em Trópicos Mecânicos (Mueda), uma performance visual e teatral encenada por Filipe Bragança, com inspirações no afro-futurismo e no tropicalismo brasileiro, numa homenagem a Ruy Guerra, realizador da película Mueda, Memória e Massacre (1979-80).

No fillme, Ruy Guerra reflete sobre os acontecimentos de 1960 em Mueda, retratando a forma como o massacre estava ainda na memória dos moradores da pequena cidade, no norte do país africano. O mais peculiar foi descobrir que os moradores da região encenaram durante décadas um teatro de rua que recriava o dia do massacre, como uma forma de expurgar o trauma e refletir sobre o seu passado. Agora, Felipe Bragança revisita a memória colonial para propor um imaginário pós-colonial reinventado, onde outros futuros são possíveis.

 Matamba Joaquim, Zia Soares, Gio Lourenço, Catarina Wallenstein e Daniel Martinho são os atores que vão levar a performance ao palco Arsenal Cinema, em Berlim, nesta quarta-feira, às 22 horas.

De 1 a 3 de outubro, Trópicos Mecânicos (Mueda) vai também estar em exibição na Academia Almadense, em Almada (Portugal). Os bilhetes podem ser adquiridos aqui.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

WP Post Author

PUB