PUB
Instagram | Solen Feyissa
Instagram | Solen Feyissa

Instagram anuncia suspensão da versão para crianças

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Aquela que seria a mais nova versão do Instagram, o Instagram Kids, sofreu um percalço. Adam Mosseri, o CEO da rede social, anunciou que o projeto foi suspenso, apesar da empresa continuar a desenvolver mecanismos e experiências para os mais jovens.

No seu perfil de Instagram, Mosseri explicou que o propósito de criar o Instagram Kids foi mal-entendido pela comunidade e pelos media em geral, que a intenção não era ser focada para as crianças mas sim para a comunidade adolescente, com idade inferior aos 13 anos.

“Começámos este projeto para resolver um problema importante visto do nosso sector: as crianças estão a adquirir telefones cada vez mais jovens e deturpar a sua idade para fazer download de aplicativos destinados a pessoas com 13 anos ou mais”, escreveu.

Mosseri e a sua equipa acreditam que o melhor será deixar a questão à responsabilidade dos pais, uma vez que a rede social já limita a utilização dos mais pequenos até aos 13 anos.

Apesar de abandonarem, por agora, esta versão infantil do Instagram, a empresa vai continuar a trabalhar na questão e em conjunto com pais, especialistas e legisladores para demonstrar a o real valor e a necessidade do produto.

Uma das partes importantes que esteve em desenvolvimento para o Instagram Kids e que ainda manter-se é a forma como os pais poderão supervisionar os filhos, através de novos recursos. A equipa do Instagram reforça que os novos insights “muitas vezes lançam luz sobre os problemas”, mas inspiram novas formas e mudanças dentro da rede. “Os exemplos incluem o nosso trabalho anti-bullying líder de mercado, como Restrict, Hidden Words e Limits, e as nossas recentes mudanças para tornar as contas do Instagram privadas por padrão para menores de 16 anos”, o bloqueio de imagens corporais negativas e o novo recurso que permite “dar uma pausa” na app.

“Estamos a explorar duas novas ideias: encorajar as pessoas a olharem para outros tópicos se estiverem a falar de conteúdo que possa contribuir para comparações sociais negativas e um recurso provisoriamente denominado ‘Faça uma pausa’, onde as pessoas podem colocar sua conta em pausa e pare um momento para considerar se o tempo que estão a gastar é significativo”, explicou a empresa.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

No Comment.

Artigos Relacionados

PUB