PUB
"Percurso pelos atalhos da droga", de José Luís Vaz | DR
"Percurso pelos atalhos da droga", de José Luís Vaz | DR

José Luís Vaz leva ao CCCV “Percurso pelos atalhos da droga”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O autor cabo-verdiano José Luís Vaz vai estar no próximo dia 27 de maio no Centro Cultural de Cabo Verde (CCCV) para apresentar o livro biográfico Percurso pelos atalhos da droga – a história de um sobrevivente.

Na obra, o autor conta a história na primeira pessoa e envolve-nos na narrativa dos momentos vividos no mundo da droga, de superação e de ajuda aos outros. Com apresentação da escritora e professora Lúcia Vaz Pedro e de Solange Salvaterra Pinto, o CCCV convida ao público ao evento para conhecerem uma estória biográfica “inspiradora para todos”, cheia de reflexões sobre as formas “como devemos, e podemos, enfrentar as adversidades da vida, independentemente se se é dependente de drogas ou não”.

Na sinopse do livro, lemos que “o estigma social, que dificulta o toxicodependente de pedir ajuda, contribuindo para perpetuar e agravar a sua dependência, é evocado nas suas múltiplas dimensões. No entanto, o autor José Luís Vaz ressalta a importância que a solidariedade e o amor dos outros representaram para a sua recuperação. De igual modo, sublinha como a sua permanente insatisfação face à sua relação com as drogas teve um papel preponderante para o seu sucesso”.

Afinal, as drogas não eram a solução para os seus problemas e para a sua vida, porquanto, o efeito das drogas não conseguia resolver o âmago dos seus problemas, nem a profundidade do seu sofrimento.

José Luís Tavares Vaz nasceu a 30 de maio de 1973, no bairro da no bairro de Achadinha, na cidade da Praia. Fez todo o seu percurso académico na cidade da Praia. Em 1995, ingressou no quadro privativo da Polícia Científica (PJ) de Cabo Verde, onde trabalhou até 2002, altura em que, devido aos problemas com o uso abusivo do álcool e outras drogas, foi obrigado a afastar-se.

O consumo de drogas transformou-o num sem-abrigo. Apesar de ter perdido quase tudo, desde 2014 que conseguiu recuperar do vício e hoje vive “limpo” e “longe” das drogas, graças ao tratamento que fez na Comunidade Terapêutica da Granja de São Filipe – Praia.

Atualmente, por motivos académicos reside em Portugal, tem uma licenciatura em Criminologia e Segurança Pública, pelo Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais, e é mestrando em Políticas Públicas no ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa.

Considera-se um ativista social, em matéria de luta e prevenção contra o uso abusivo do álcool e outras drogas. O seu primeiro livro, A toxicodependência é uma doença tratável, também é autobiográfico Como e onde se tratar? e “Percurso pelos atalhos da droga. A história de um sobrevivente”, editados, respetivamente, em 2017 e 2020.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

PUB