PUB
Telma Lee | DR
Telma Lee | DR

“Tanto Amor” de Telma Lee está no ar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Depois de lançar “Efatá”, Telma Lee tem novo single nas plataformas digitais. “Tanto amor” tem a duração de dois minutos e 59 segundos e conta com a colaboração de Anderson Mário na composição e com a produção de Danny Perez.

“Tanto Amor” tem uma entrada melíflua, onde as vozes de Telma Lee Telma Lee e Anderson Mário – um dos artistas cuja popularidade mais tem crescido em Angola – cruzam-se numa harmonia perfeita. 

A música não foge ao que já ouvimos do repertório de Telma Lee. A artista é uma expert em lançar canções de amor, num registo de batida forte e uma letra orelhuda. “Tanto amor” é o casamento entre uma composição e produção musical que servem de tradução ao sentimento que só as palavras não conseguem explicar.

Telma Lee disse à BANTUMEN que o processo criativo de “Tanto Amor” foi feito em equipa e o resultado foi além daquilo que tinha sido idealizado. “Eu quis uma música feita desde a raiz, criar desde o princípio, passar verdade, alma e sentimento. O Anderson e o Danny entenderam logo e saiu essa linda canção”, explicou a cantora.

Ambos cantores da nova geração, mas com uma boa distância no que toca à altura em que se tornaram populares no mercado angolano, Telma e Anderson conheceram-se num show. “Admiro-o, é muito talentoso. Hoje conheço um pouco da nobreza dele e encantei-me pelo seu caracter. Como sabem, fui mãe agora, o Anderson ajudou-me e respondeu logo que recebeu o meu pedido, serei eternamente grata por isso”, disse Telma.

A música “Tanto Amor” além de ter uma composição de ambos, tem a produção de Danny Peezy e masterização de Lopeiraz. 

Recentemente, Telma viu o seu trabalho chegar à Netflix, através do filme francês Friendzone. Sobre o alcance da sua música em particular, mas da música angolana em geral, Telma manifestou a sua felicidade e acrescentou que no final do dia quem sai a ganhar é o país. Foi de satisfação, porque afinal o esforço não tem sido em vão. Estou muito feliz até hoje, não sai [a ganhar] somente a artista, mas sim, Angola”, exprimiu.

Antes de lançar “Tanto amor”, Telma lançou “Efatá”, que é um registo mais gospel e de adoração a Deus, porque, para a artista, é “quase impossível viver sem adorá-lo ou citá-lo”.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

PUB