PUB
Sir Lovely

“Diálogos” do Sir Lovely para calar barulhos mentais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Sir Lovely apresentou-nos recentemente a sua nova mixtape Dialogos, uma resposta e consolo para os fãs que muito pediram o seu regresso, depois do último projeto, Antídotos, em 2019.

Diálogos surgiu como nome do trabalho “porque o projeto é sobre expressão e acredito que dialogando podemos calar muito dos nossos barulhos mentais”, conta o artista. A nível de sonoridades, este é “um projeto que retrata e expõe sentimentos” explorando acid jazz, o alternative r&b e lo-fi, estilo no qual o cantor moçambicano considera-se rei.

São 13 faixas, com as participações de Optional, AG Stunna, Stefânia Leonel, Kennobi, Ness, KENNON e Kid Sony. A arte gráfica pertence a OIrélio Djambiceiro.

O processo criativo foi desafiante e Lovely teve de enfrentar alguns obstáculos para conseguir levar o trabalho a bom porto. “À medida em que ia escrevendo, uma série de eventos foram acontecendo na minha vida que não só atrasaram o processo como também influenciaram”. Boa parte das músicas foram compostas durante a sua passagem pela cidade de Vilanculos, na costa leste de Moçambique.

Com este Diálogo, o artista quer transmitir uma espécie de sensação de paz, numa altura em que enfrentamos todos uma pandemia, e Lovely não esquece também o que está a acontecer em Cabo Delgado.

Em relação aos seus trabalhos anteriores, Sir Lovely ou O Clássico, como também é chamado, não mudou, continua o mesmo “Moreno de Benfica” que em Diálogos usa a sua voz para revelar-se e apresentar os problemas que o afligem, como forma de intervir na sociedade e motivar o público a enfrentar os seus problemas.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

WP Post Author

PUB