PUB

BANTUMENPodcast: “O artista também tem contas para pagar”, Ricky Man

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Ricky Man lançou recentemente um novo single, “Nu Ta Stika”, com Kady, e aproveitámos o repto par conversar com o artista para falar sobre a sua evolução de Ricky Boy para Man, a diferença de sonoridades entre os dois epítetos, a crescente necessidade de ir buscar as origens para transmitir a sua essência artística e a sua composição cada vez mais consciente sobre questões sociais como a violência doméstica.

“Nu Ta Stika” fala sobre o amor e retrata um relacionamento que é “leve” e baseado no respeito mútuo onde cada um tem a sua liberdade, o seu espaço e o seu poder de decisão. “Eu tenho uma filha de quatro anos. Cheguei a uma conclusão em que eu faço muita música festiva e comecei a pensar que posso fazer música dançante mas que tem que trazer algum conteúdo e que chame a atenção”, explicou o artista a Eddie Pipocas.

Ricky falou também na necessidade de se entender que um artista é uma pessoa comum e que, a grande maioria, não vive uma vida de glamour. “Isso acontece para aí com 5%, se tanto. Os artistas, na fase mais dura do confinamento, sem pedirem nada em troca, deram alento. E a verdade é que sempre que o artista pede alguma coisa ele é menosprezado. Em Cabo Verde, o governo anunciou que ia ajudar os artistas e as pessoas revoltaram-se ‘porque os artistas não precisam.’ Porquê? O artista também tem contas para pagar.”

A estrutura e crescimento da Broda Music, a label de que faz parte em conjunto com Djodje, Kady, Mário Marta, entre outros, foi também um dos assuntos abordados. “Eu tenho um amigo que me disse que ”vocês estão a criar uma label no país do opressor’. E isso é um orgulho. No processo, fomos bater a várias portas e elas todas fecharam-se. Pensámos, vamos pedir dinheiro emprestado e vamos conseguir fazer isto.”

Ouve o podcast na íntegra nas diferentes plataformas de streaming como Spotify, Apple Podcasts e SoundCloud e descobre mais sobre a visão de Ricky Man sobre a união cada vez mais firme que se assiste hoje no seio da música africana.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

No Comment.

Artigos Relacionados

Coleção Black Power II

16,90 

PUB