PUB
N'zau
Fotografia: Fa Barboza

N’Zau lança “Advertência” com uma Carta Aberta para os jovens

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

“Advertência” é o novo single do rapper angolano N’zau, que está agora disponível em todas as plataformas de streaming e que pode ser ouvida no final deste artigo.

O novo single é a primeiro de sete faixas que compõem o EP Dinheiro para Advogados Clássicos da Cela Parte 2, que dá seguimento à primeira parte, lançada em 2020.

O rapper, que completou 37 anos este domingo, 26 de dezembro, passou os últimos 13 anos encarcerado no estabelecimento HM Prison Swaleside, uma prisão masculina de categoria B, na ilha de Sheppey, a leste de Londres, Inglaterra. Contudo, tem trabalhando arduamente para a concretização os seus projectos musicais. Embora as suas condições atuais não sejam as melhores, o artista tem feito tudo para agradar aqueles que gostam da sua arte.

Junto com o comunicado sobre o lançamento do novo single, N’Zau fez-nos chegar uma carta aberta com um aviso para as novas gerações, e que tem por base a sua própria experiência de vida. Abaixo, publicamos a missiva na íntegra.

Carta Aberta

N’Zau

Hoje é o dia do meu aniversário, um dia de história um dia em que os meus pais encheram-se de alegria e orgulho pelo meu nascimento. Um dia em que, se eu tivesse que escrever tudo o que já aconteceu comigo até à data presente, acho que não haveria de terminar hoje. Sendo uma data muito especial para mim, decidi transmitir um pouco de mim, nessa abordagem musical, para as pessoas perceberem melhor sobre o N’Zau.

Não existe melhor conselho quando esse vem de uma pessoa com experiência do que está a falar. Num passado recente, também já fui um astuto. Ignorei certos sinais e conselhos que me diziam para mudar a minha vida. Hoje, mais crescido, tudo o que mais me preocupa é passar as minhas experiências de vida aos mais novos.

A vida de gangster não é para todos.

Muitos indivíduos que pensavam serem fortes e valentes nas ruas, na cadeia descobriram que realmente não o são. Alguns deles tornaram-se faxineiros prisionais, limpando celas e lavando cuecas. Graças a Deus, a Jamba preparou-me de tal maneira que hoje consegui ultrapassar certas dificuldades, perigos e obstáculos na cadeia. Não aconselho ninguém a seguir a minha trajetória. N’Zau só existe um e esse sou eu. Escutem a minha a música, vibrem, dancem e encarem se for possível. Tudo o que falo na minha música sou só eu a contar-vos a minha história. Aconselho os mais novos a não glorificarem o meu lado negativo.

“Advertência” não é uma música qualquer. “Advertência” é uma música que vem acautelar os mais novos sobre certos perigos que podem passar se escolherem serem gangsters. De certeza que os meus conteúdos líricos inspiram algumas dúvidas sobre o que quero transmitir, mas um conselho: só é real quando vem de alguém com experiência do que está a falar.

Analisando a minha situação, acho que estou munido de experiências para guiar os mais novos. A realidade presidiária é bruta manos, não é aquilo que o mundo de novelas e filmes tem apresentado. Não estou aqui para dar uma lição de moral a ninguém, apenas quero advertir que os perigos são gravíssimos. Tenham cuidado com as vossas escolhas. Espero que aqueles que escolheram esse lado, estejam então preparados para aguentar as consequências.

Nigga Zau.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

No Comment.

Artigos Relacionados

Véronique Tadjo

8,00 

PUB