Fábio Krayze “ocupa” Teatro do Bairro Alto com o “Musseque”

Fábio Krayze
Foto:Mariana Vicente

Fábio Jorge Januário, mais conhecido como Fábio Krayze, é um talentoso bailarino profissional e professor que conquistou o seu espaço nos palcos portugueses. Nascido nos Combatentes, em Luanda (Angola), zona eternizada na música por nomes como o kudurista Bruno M, mudou-se para terras lusas aos 13 anos e, desde então, tem deixado a sua marca na cena artística.

A trajetória de Krayze começou a ganhar destaque em 2015, quando participou no programa “Achas que sabes Dançar”. A sua habilidade e paixão pela dança impressionaram o público e o programa acabou por abrir-lhe portas para novas oportunidades. No ano seguinte, também fez parte do elenco do programa televisivo “Portugal Tem Talento”.

Além da sua presença na televisão, o dançarino teve a oportunidade de mostrar o seu talento nos écrans da TVI, integrando o elenco da novela “Única Mulher”.

Em 2018, decidiu mergulhar no mundo da música e lançou o seu primeiro EP, 2018 or Nothing!. A sua presença nos principais festivais nacionais, como Rock in Rio, Meo Sudoeste e Sol da Caparica, solidificou a sua posição como um artista completo, capaz de cativar o público com a sua dança e composições.

Ao longo da sua carreira, Fábio Krayze já teve a oportunidade de participar de eventos de renome, como o YornBundalicious Rock in Rio em 2014 e 2016 ou Optimus Alive em 2008, junto com os Buraka Som Sistema. Além disso, também foi coreógrafo em várias campanhas publicitárias e programas de televisão e já deu aulas de norte a sul de Portugal, Suíça, Bélgica, entre outros países.

A entrevista concedida à BANTUMEN antecede a apresentação de Krayze no Teatro do Bairro Alto, em Lisboa, com a performance Musseque, que faz parte do projeto Ou.Kupa. Este projeto, que envolve ocupação artística e investigação, tem como objetivo celebrar, criar e escrever sobre as danças urbanas – nas ruas e nas casas noturnas.

Durante a entrevista, Fábio Krayze falou-nos sobre a sua jornada desde o início, no coletivo Pupilos do Kuduro. Também revelou alguns dos desafios enfrentados ao tentar destacar-se num meio artístico muitas vezes restrito; a apropriação cultural, entre vários outros temas.

A apresentação de Fábio Krayze com a performance Musseque, inserida no projeto Ou.Kupa, acontece no Teatro do Bairro Alto, em Lisboa, de 13 a 25 de junho.

Relembramos-te que podes ouvir os nossos podcasts através da Apple Podcasts e Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis no nosso canal de YouTube.

Para sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN, envia-nos um email para [email protected].

Recomendações

OUTROS

Um espaço plural, onde experimentamos o  potencial da angolanidade.

Toda a actualidade sobre Comunicação, Publicidade, Empreendedorismo e o Impacto das marcas da Lusofonia.

MAIS POPULARES