PUB

Os artigos mais clicados da semana | 8 a 14 jan

Domingo é dia de fazer um balanço semanal, recarregar energias e preparar os próximos sete dias que estão à espreita. Se não tiveste tempo de passar os olhos pelos últimos artigos publicados na BANTUMEN, fica com este top 5 do que mais chamou à atenção dos nossos leitores. No primeiro lugar ficou o anúncio do novo single do projeto Versos & Poesias, de Black Spygo; seguiu-se a entrevista a Prodígio; o ritual-recital-performático de Jamile Cazumbá que passou este sábado por Lisboa; a entrevista ao coach Abdel Camará e a possibilidade de Welket Bungué estar nas nomeações aos Óscares deste ano.

1 – Black Spygo cria “Sintonia” lusófona no quinto Versos & Poesias

O DJ e produtor Black Spygo reuniu vozes da comunidade lusófona para darem vida ao “Sintonia”, do projeto Versos & Poesia. O clipe tem a produção da Digital Motions e já está disponível no YouTube. Black Spygo abriu as portas de 2023 e trouxe consigo o esperado Versos & Poesias “Sintonia”.

2 – “É Muito Difícil Surpreender Quando Tu És O Prodígio”

O novo álbum do Prodígio, KING2DA, deveria ser a conclusão de um ano perfeito mas acaba por ser apenas o continuar de um década de sucesso.

Depois de ter lançado sete EPs e um álbum, de ter desenhado uma colação de roupa com Rose Palhares, de ter inaugurado um espaço comunitário dedicados aos jovens, no bairro que o viu nascer e ter sido nomeado uma das 100 Personalidades Negras Mais Influentes da Lusofonia, pela PowerList de 2022, estivemos em conversa com o artista para fazer um resumo de como foram estes últimos 12 meses e que ainda está por vir.

3 – O Ritual-Recital-Performático de Jamile Cazumbá em Portugal

É no palco que Jamile Cazumbá dá espaço para que seu corpo trabalhe a partir da memória celular, que é acessada pelo transe. Esse é um exercício de multilinguagem que se baseia na memória, o estado de hiperconsciência, onde a razão ou a racionalidade tem pouco espaço. “Deixo que essas memórias celulares atuem na sua totalidade”, diz à BANTUMEN. Essa performance, desenvolvida há quase 6 anos, passou pela primeira vez em Portugal este sábado, 14, no Hangar, em Lisboa, e no dia 20 vai estar no Espaço da Mala Voadora, no Porto.

4 – Abdel Camará, O Coach Para Quem “Fazer É Sempre Melhor Que Saber”

A forma como gerimos o tempo, o tipo de relações que construímos, como lidamos com o dinheiro e como cruzamos as nossas ambições pessoais com as profissionais, são preocupações cada vez mais no centro da mesa e potenciadas por profissionais como Abdel Camará.

Formado em Engenharia Mecânica, Abdel é atualmente coach de alta performance e consultor financeiro e em 2022 foi homenageado como uma das Personalidades Negras Mais Influentes da Lusofonia pela PowerList. Apaixonado pelo marketing, finanças pessoais e comportamento humano, são mais de 300 as pessoas que já passaram pelos seus programas de mentoria que visam trabalhar o foco, ousadia, disciplina e a acção. A finalidade é uma única: fazer com que cada mentorado e mentorada crie um legado para as suas famílias e no mundo. Como? Criando a melhor versão de si mesmos para materializarem os seus sonhos e conquistarem a liberdade financeira.

5 – Welket Bungué elegível para nomeação aos óscares, com o filme “Crimes Do Futuro”

A Academia deixou saber, na passada segunda-feira, uma lista com 301 filmes que cumprem os requisitos para uma nomeação aos Óscares, cujas categorias são: Melhor Filme, Realização ou Argumento, e entre eles está uma produção, na qual o luso-guineense Welket Bungué é considerado elegível na área da representação. O ator e realizador luso-guineense Welket Bungé é indicado na lista por ter entrado no filme Crimes do Futuro, de David Cronenberg, como referimos em cima.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

PUB