PUB
Raul Midón | DR
Raul Midón | DR

Virtuoso da guitarra Raul Midón volta a Portugal em maio

Com dez álbuns de estúdio e duas nomeações consecutivas para os Grammy na categoria “Best Vocal Jazz Album”, Raul Midón está de volta a Portugal para quatro concertos em maio. A digressão, desenhada pela promotora nacional Primeira Linha, arranca no dia 18 de maio no Porto, na sala M.OU.CO, no dia 19 de maio segue para São João da Madeira, na Casa da Criatividade, no dia 20 de Maio haverá novo espetáculo, ainda por anunciar, e termina esta passagem por Portugal no dia 21 de Maio em Lisboa, no Palácio Baldaya. Os bilhetes já se encontram disponíveis nos pontos de venda oficiais.

Raul Midón, conta com uma extensa lista de colaborações com grandes nomes, como Herbie Hancock, Stevie Wonder ou Bill Withers, bem como contribuições para álbuns de Jason Mraz, Queen Latifah ou Snoop Dogg, entre outros, tendo conquistado uma base de fãs e o respeito dos críticos, um pouco por todo o mundo e também em Portugal.

Natural do Novo México, Raul é filho de pai argentino (dançarino) e de mãe afro-americana, é um dos dois gémeos do casal (o irmão é engenheiro da NASA). Ficou cego ainda bebé, depois de um longo período numa incubadora. No entanto, a cegueira não o impediu de começar a tocar bateria aos quatro anos, instrumento que viria a trocar pela guitarra. Habituado desde muito cedo a ouvir música em casa (o pai era um amante fervoroso de vários estilos musicais e possuidor de uma vastíssima coleção de discos) Raul Midón foi aperfeiçoando o estilo de guitarrista que hoje o caracteriza, primeiro numa escola para cegos, depois no curso secundário em Santa Fé e por fim na Universidade de Miami onde se formou em 1990.

Músico requisitado por nomes como Alejandro Sanz, Jose Feliciano, Julio Iglesias ou Shakira, foi depois duma digressão com a cantora que decidiu fixar-se em Nova Iorque, iniciando então uma carreira a solo onde se tornaram imagens de marca um estilo muito próprio de guitarra (com muitas influências) e um registo vocal muito peculiar onde se destacam o “scat” (improvisação) e o “mouth trumpet” (onde a voz assume a sonoridade da trompete).

Midón é presença regular em festivais e salas de referência um pouco por todo o mundo e regressa finalmente a Portugal para quatro grandes concertos.

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo em primeira mão!

PUB